domingo, 25 de setembro de 2011

Inaguração da Toca Reformada


video

Sabe aquele arranhador velho que você olha e tá o quadro da dor? Metade da pelúcia arrancada, com restos de forro de TNT parecendo teias de aranha, fedendo a mofo e com parte dos postes destruídos? Pois é! Muita gente colocaria no lixo sem olhar pra trás, mas olhando pra ele achei que ele tinha potencial para uma reforma. Coloquei os restos de postes e duas bases dele no lixo, deixando só a toca mesmo, que diga-se de passagem é feita com 2 chapas de OSB (tipo de madeira) e algum tipo de material rígido nas paredes, como plástico.

O primeiro passo foi arrancar toda a pelúcia velha e todos os grampos que a prendiam. Aliás, isso é bastante importante! Na hora de comprar um arranhador, certifique-se que ele foi confeccionado sem o uso de grampos e pregos. Arranhador que usa esse tipo de material é de péssima qualidade e pode causar ferimentos nas patinhas. Um bom arranhador deve utilizar cola em toda a superfície, assim ele durará mais e não causará risco aos felinos. ;-)

Depois do trabalho braçal veio a parte divertida, recortar os retalhos de pelúcia de acordo com o formato do arranhador e colar com cola de sapateiro. Para dar um bom acabamento, minha sugestão é primeiro fazer as paredes externas, deixando margens de uns 2cm que podem ser dobradas e coladas para cima e para baixo. Na sequencia eu fiz as paredes internas, também deixando uma margem para dobrar e colar no teto e no piso. Para baratear o custo da obra e também deixar mais fácil de limpar o arranhador, eu optei por comprar um material tipo lona emborrachada para as paredes e forro do teto. Comprei um retalho em um balaio de uma loja de tecidos, mas qualquer coisa serve. Eu não indico colocar TNT porque dura muito pouco na presença das unhas deles, em pouco tempo fica aquele aspecto de teia de aranha com cara de cortiço. :-D . Por fim, colei o piso da toca de pelúcia e a parte de cima externa também em pelúcia.

A dica pra deixar retinho é não poupar cola, espalhando bem por toda a superfície, especialmente nas bordas da pelúcia, e colar a pelúcia por tudo. E só depois de colado, com a ajuda de uma tesoura ou estilete, fazer os furos nos locais que devem ficar abertos (no caso da minha toca, a porta e o furo do teto), dobrar para dentro e colar. Pronto! Os gatos ficam com uma nova toca e a gente pode brincar combinando a pelúcia com a decoração da casa.

PS: Se possível compre cola de sapateiro que tenha escrito na embalagem "sem toluol" e deixe a toca em local ventilado por cerca de 24h antes de entregá-la aos felinos. Assim, você evita o cheiro forte e uma possível reação alérgica nos gatos.

PS2: Se alguma parte do arranhador antigo estiver com a pelúcia bem colada, cole a nova por cima mesmo, foi o que fiz com o piso da toca.

PS3: Para dar bom acabamento em pelúcias estampadas, no caso de emendas serem necessárias observe o sentido do padrão da estampa para dar sensação visual de continuidade.